Resenhas de livros

Organização e produtividade

Saúde e bem-estar

Desta vez, eu já sabia que você estava aqui

Desta vez, eu já sabia que você estava aqui

Nessa segunda vez – a sua vez – não houve surpresa. Digo, dessas surpresas inesperadas, que dão um susto na gente. Isso porque eu já sabia que você estava aqui. Mesmo antes de sair o resultado do exame de farmácia (e mesmo quando saiu aquela linha fraquinha que eu não tinha nem certeza), eu podia sentir.

Ao contrário da sua irmã mais velha, que foi igualmente desejada mas chegou de surpresa, me dando um grande susto (porque a gente nunca acha que está preparada pra essa coisa de ter filhos), você chegou exatamente quando eu imaginei.

Quando a Olívia nasceu, eu renasci como mãe. Não sou mais a mesma pessoa que era antes, e com certeza a maternidade me trouxe mais ensinamento e crescimento do que qualquer especialização ou viagem, por mais longa que seja. Mas não foi fácil. Até alguns meses depois do nascimento (meu e dela), eu não queria ter mais filhos.

Mas com o tempo, tudo se ajeita. Desejei mais um filho, um irmão/irmã para a Olívia. Irmãos são presentes que Deus nos dá para o resto da vida, e eu não queria que minha pequena passasse a vida inteira sem esse privilégio. E aqui estamos. E aqui está você, já com um coração batendo.

No mesmo dia em que fiz o exame de farmácia, fiz o exame de sangue também. Eu já sabia o resultado, mas senti um alívio enorme ao ver aquele positivo. Meu maior medo era que eu tivesse imaginado tudo. Que bom que não. Era tudo verdade. Hoje, sei que você é uma menininha, nossa Maitê. Mais uma linda menina para nosso mundo cor de rosa (mas que muitas vezes ganha outras cores também).

Vai ser difícil, tenho consciência disso. Talvez ainda não tenha noção do nível de dificuldade em criar duas crianças tão pequenas ao mesmo tempo – em estágios diferentes da vida. Mas hoje tenho noção de que tudo passa, mesmo aquelas noites que parecem intermináveis.

Eu sei que tudo vai valer a pena no dia em que eu ver vocês duas brincando juntas, rindo e se divertindo. A maternidade exige muito de nós, mas nos dá tanto em troca. Obrigada, minhas filhas, por me escolherem para ser sua mamãe. Prometo ser minha melhor versão por e para vocês – e (se) quantos mais vierem depois.

Comente este post!

  • Emerson

    Que graça. As crianças e bebês deixam o dia de qualquer pessoa mais alegre. Que você possa viver momentos incríveis com elas.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    responder
  • Paloma Rosaes Sarti

    Ah que coisa mais fofa e intensa. Que a Maitê venha com muita saúde e que Deus esteja sempre abençoando a sua família. Eu não conhecia o blog, mas pelo seu relato e lindas palavras, acredito que seja uma mãe maravilhosa e que irá dar conta de tudo. Parabéns!!!

    responder